Academia de Saberes: novo projeto da APPACDM de Coimbra dá a conhecer o mundo a jovens com deficiência

A Academia de Saberes surge como um projeto único que pretende dar respostas a jovens com deficiência ou incapacidade, sem qualquer ocupação diária, ou seja, que não estudam nem trabalham. Atualmente, no panorama nacional, as respostas a dar a este tipo de situação são praticamente inexistentes. É aqui que o projeto “Academia dos Saberes”, criado pela Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Coimbra pretende atuar, através da promoção da participação e inclusão destes jovens na comunidade, assim como o desenvolvimento das suas competências pessoais e sociais.

Direcionado também para ex-formandos da instituição que não tiveram a oportunidade ou possibilidade de obter uma colocação permanente após a formação e que procuram uma ocupação regular, este programa visa aumentar a qualidade de vida dos participantes e promover a sua inclusão e contribuição ativa na sociedade. Porém, qualquer jovem, utente ou não da APPACDM de Coimbra, se pode inscrever e usufruir da Academia de Saberes.

A instituição percebe como sendo essencial a necessidade de prestar apoio tanto a pessoas que sofrem de deficiência ou incapacidade que se encontram nesta situação, como também aos familiares que os suportam e que, por vezes, carecem de auxílio face a este problema. Muitas são as famílias que têm em casa jovens sem qualquer ocupação, sem uma resposta adequada às suas características e a Academia de Saberes quer combater esta situação.

Entre as diversas possibilidades de atividades estão os workshops (culinária, arte, costura, vida doméstica), a gestão financeira, o fórum de discussão de temáticas, o voluntariado, etc. Estas atividades vão ao encontro de um tema definido pelo monitor responsável, enquadrando-se, também, com as váriasparcerias já existentes da APPACDM de Coimbra, como sendo o Exploratório, o Museu Nacional de Machado de Castro, Museu da Ciência, Conservatório de Música, Convento S. Francisco, entre outros.

A metodologia do programa assenta nos valores da APPACDM de Coimbra, em particular os da individualidade, da participação e o da inclusão e valorizara a aquisição de competências de forma gradual, que capacita os participantes a terem sentido de partilha, interajuda e de exercício de uma cidadania responsável. Assim, pretende-se que os jovens continuem a crescer, com a ajuda da Academia de Saberes, enquanto cidadãos ativos na sociedade e que possam “conhecer o mundo” a seu redor.

De realçar que as inscrições para este programa estão ainda abertas e que qualquer pessoa com incapacidade ou deficiência (intelectual, visual, física; ou mesmo a nível de doença mental) se pode inscrever. O espaço iniciou o seu funcionamento na segunda-feira, 5 de março.

Inscrições através do: 239 722 623 ou por e-mail cfp.casa.branca@gmail.com

Academia de Saberes: novo projeto da APPACDM de Coimbra dá a conhecer o mundo a jovens com deficiência