APPACDM de Coimbra recebeu projeto Faces da Fundação Montepio

A iniciativa ArgusRecycling – Intervenção Ambiental, da APPACDM de Coimbra, destacou-se para o programa de Financiamento e Apoio para o Combate à Exclusão Social (FACES), da Fundação Montepio.

No dia 30 de outubro, Paula Guimarães, diretora da Fundação Montepio, visitou as instalações do projeto de intervenção ambiental. A instituição veio conhecer um pouco mais do Projeto ArgusRecycling, criado pela Unidade Funcional de Arganil da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Coimbra.

Caracterizando-se como um projeto de cariz social, a ArgusRecycling compreende a recolha, separação, prensagem e acomodamento de resíduos valorizáveis (cartão/papel, óleos alimentares, plástico e sucata eletrónica). Para a presidente da APPACDM de Coimbra, Helena Albuquerque, “este projeto constitui um importante espaço de inclusão, dignificando a imagem do cidadão com deficiência junto de toda a comunidade, tornando–o numa peça fundamental de desenvolvimento local e de intervenção ambiental”.

Neste momento, a ArgusRecycling já conseguiu reciclar 10 toneladas de cartão, através da recolha em várias empresas da zona centro. Até ao final de 2017, os responsáveis da iniciativa estimam conseguir arrecadar 23 toneladas deste material. Jorge Santos, engenheiro e coordenador do projeto ArgusRecycling, destaca “o grande apoio e intervenção da comunidade” nesta iniciativa.

A presidente da Fundação Montepio ressalvou, durante a visita à Unidade Funcional de Arganil, que este é um projeto que abrange “todos os pilares da responsabilidade social”, expressando o seu contentamento pelo desenvolvimento da iniciativa.

A visita passou pelo local onde se realiza a reciclagem de cartão e papel por parte de clientes da Unidade Funcional de Arganil, podendo observar-se todos os passos do processo da ArgusRecycling. Contou ainda com a presença de alguns dos seus parceiros, como a Câmara Municipal de Arganil e a Casa do Apicultor.

Para além da sua preocupação a nível ambiental, a ArgusRecycling centra-se na autodeterminação dos clientes, na inclusão efetiva, no reforço de competências e na aproximação dos cidadãos com deficiência intelectual ao mercado de trabalho. Ao mesmo tempo, tem como objetivo promover a sustentabilidade ambiental, a economia circular e a educação ambiental, unindo a comunidade (cidadãos, empresas, associações, escolas, autarquia).

APPACDM de Coimbra recebeu projeto Faces da Fundação Montepio