CASA DE CHÁ LANÇA CAMPANHA PARA REMODELAÇÃO

A Casa de Chá da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) de Coimbra, situada no “Jardim da Sereia”, está a promover uma campanha de angariação de fundos para aquisição de materiais de construção, a fim de remodelar algumas áreas mais degradadas do edifício.

A necessidade deste melhoramento surge, segundo a coordenadora da Casa de Chá, Aline Seabra Santos, no seguimento “do desgaste natural das instalações e nas paredes exteriores”, que foram ‘graffitadas’, mas também de problemas no telhado. O objetivo passa, assim, por “apostar nas principais áreas da Casa de Chá que precisam de ser melhoradas”. Os donativos vão ser investidos nos vários materiais e ferramentas necessários para a remodelação, como madeiras, tintas, máscaras, pincéis, entre outros. As tintas para as paredes exteriores, “uma prioridade, pois são o nosso cartão-de-visita”, como refere a coordenadora, foram já disponibilizadas pela Robbialac.

A realização das obras vai estar a cargo de um grupo de voluntários, vindos do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra. A primeira fase das remodelações decorreu até 25 de maio, sendo que a angariação de fundos e os restantes trabalhos se prolongam até finais de junho.

A Casa de Chá do “Jardim da Sereia” (Parque de Santa Cruz) tem como objetivo a integração profissional de pessoas com deficiência, mas também proporcionar ao público um serviço de cafetaria de qualidade num magnífico enquadramento natural. Ao mesmo tempo, a Casa de Chá pretende gerar rendimentos que ajudem a APPACDM de Coimbra a levar a cabo o seu trabalho de apoio a mais um milhar de cidadãos deficientes na Região Centro.

CASA DE CHÁ LANÇA CAMPANHA PARA REMODELAÇÃO