Avançar para conteúdo principal

Tivemos mais voluntários do nunca em 2023

A APPACDM Coimbra acolheu um número recorde de voluntários em 2023. No total, foram 138 voluntários envolvidos em projetos de um dia, 41 em iniciativas que se prolongaram por vários dias e 17 pessoas que prestaram voluntariado regular ao longo do ano. Acrescem 10 funcionários da instituição e os sete membros da direção.

Entre os projetos incluem-se trabalhos como pinturas, jardinagem ou restauros. Iniciativas que têm atraído grandes empresas, como a Critical Software, Tintas CIN, Diversey, Salsa ou Altice Arena. A estas juntam-se instituições de ensino de Coimbra, como a Universidade, o Politécnico ou o ISEC, além da AAC e grupos de alunos.

Os voluntários individuais desenvolvem ocupações várias, como animação, medicina, enfermagem, conversação, música, acompanhamento, auxílio em tarefas, jogos, workshops de culinária ou dança, entre outras.

Mesmo em 2020 e 2021, anos em que o voluntariado presencial esteve interrompido devido à pandemia, houve voluntariado online, com destaque para os apoios concedidos por um médico, uma psiquiatra e uma enfermeira.

Em 2020, a APPACDM Coimbra concorreu ao Selo de Qualidade em Voluntariado Join4Change e foi agraciada com o Prémio de Excelência, uma distinção que poucas instituições lograram obter.

Na APPACDM Coimbra o voluntariado tem dois sentidos, por isso a instituição também o presta, através dos seus clientes. Exemplo disto são a participação em quatro edições da Coimbra Unida pelo Coração, nos Jogos Europeus 2018, na Coimbra a Brincar, na ação global “Good Deeds Day” e em eventos vários como feiras, certames, colóquios ou concertos.

É habitual a APPACDM Coimbra receber pedidos de trabalho comunitário para pagamento de penas. Para evitar algum estigma e com intuito de inclusão e integração, este serviço é tratado pela instituição como voluntariado, respeitando todas as premissas obrigatórias ao trabalho comunitário.

“O voluntariado está na génese da APPACDM Coimbra, onde os elementos da direção são os primeiros voluntários. A direção é constituída por quatro membros familiares de pessoas que estão a ser apoiadas pela instituição e que não recebem rigorosamente nada por esse trabalho. Além destes, os três colaboradores que estão afetos à direção também não recebem nada por esse trabalho extra”, destaca Helena Albuquerque, presidente da APPACDM Coimbra.

Alguns funcionários da instituição também fazem voluntariado, fora do seu horário de trabalho, nomeadamente jardinagem, restauros, reparações e acompanhamento dos clientes em saídas. São situações de verdadeiro voluntariado, sem acumular de horas extra, nem dias de compensação.

Helena Albuquerque considera o trabalho voluntário “muito importante”. “Porque potencia a qualidade de atendimento prestado às pessoas que apoiamos e traz frescura à organização; são pessoas que vêm de fora com outros interesses, valores e riqueza de experiências”, revela. A presidente da APPACDM Coimbra vê ainda os voluntários como embaixadores da instituição, que vão divulgar e transmitir a sua importância a familiares, amigos e conhecidos.

“Estamos sempre abertos a receber voluntários, gostamos muito de os ter cá, são uma mais-valia muito grande e precisamos deles em vários sectores. Basta enviarem um email para geral_secretariado@appacdmcoimbra.pt Nós não temos exigência em relação aos voluntários, antes adaptamo-nos àquilo que conseguirem fazer”, salienta Helena Albuquerque.

<strong>Tivemos mais voluntários do nunca em 2023</strong>